economia doméstica

economia doméstica

supermercado bramil

era uma quarta
saí do cartório e passei no bramil
precisava comprar pão de forma
água, manteiga, miojo...
para manter a casa confortável
longe dessa gente doida por um desentendimento

contornei a praça
atrás de uma caminhonete
pude ver que havia duas vagas
uma ao lado da outra
no passeio-estacionamento
dei seta e aguardei enquanto a caminhonete estacionava

quando ameacei entrar na vaga
reparei que a caminhonete ocupara
uns 40cm da minha vaga
se eu conseguisse entrar
não conseguiria abrir a porta e sair do carro

abaixei a testa sobre o volante:
lá em casa tem ainda manteiga e água para um dia
miojo é só para emergências (preguiça)
e pão de forma não faz falta: faço pão dormido na chapa

levantei a cabeça, vi pelo retrovisor
que não havia carro atrás de mim
desfiz (desdei) a seta
deixei para quinta
e curti mais uma boa noite
de carinho, tranquilidade e descanso

mais um dia sem desentendimentos.

04.07.2016










Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

esquenta a cabeça comigo não

desenhos no taio

papéis e fungos