Postagens

Mostrando postagens de 2017

1 um carro novo e uma cruz (acc)

Imagem
AQUELA CRUZ NA CURVA

















aquela cruz na curva
um carro novo e uma cruz 260717

       Saíram bem cedo, junto com o sol, e pegaram a estrada que leva a Rio Preto. Pai, mãe e filho orgulhosos com a conquista. Era a primeira viagem com o carro novo, ainda com os plásticos protetores nos bancos. E não se tratava de qualquer carro – o anterior, quatro anos mais velho, era um modelo sedã pouca coisa mais caro que um popular. Agora, não, o carro era de um preço elevado, um dos mais potentes daquela montadora. Era a concretização de um sonho antigo, de criança, e um indicativo de que a família rumava para o sucesso.        Sacrifício havia sido a palavra de ordem nos últimos doze meses, nada cai do céu. No início do ano anterior, ele estudara uma compra financiada, que acabou não se concretizando. O filho iria começar sua carreira educacional, e a mãe não admitia que seu um menino tão querido e perfeito frequentasse uma escola pública, ideia corroborada e incentivada por um irmão dela, José Adão, profe…

goles e coordenadas

Imagem
goles e coordenadas


demoro a achar caneta e perco a inspiração tem sido assim, paciência não seria a panaceia fatal - não precisar
meu coração tem pressa vive doido para sossegar não quer ter que precisar proveito, valor de mercado não quer ter que saber com acerto o que é nosso e sincero o que é absurdo, o que é resultado
se acrescenta ou inova multiplica ou divide se vale nada ou importa
cerveja é que é bom para jogar conversa fora o vinho, velho conservado permite momentos de concentração entre goles opiniões além da superfície análises e sentimentos melhores (a elevação da temperatura do líquido não interfere no prazer da celebração)
lubrificadas e decantadas as ideias não se desligam dos planos e a reflexão coordena o impulso que determina a precisão.
12.07.17



frango com palmito

Imagem
frango com palmito


nunca passei do botequim da caneta no papel de cigarro do encontro etílico de mim
sou pior digo isso com orgulho: vejo um papo furado, mergulho
sem apologia, mas preciso me embebedar no sentido do 'embebedai-vos' do boudelaire, amigo da antonieta: de vinho, de paixão, de virtude a primeira opção me destila a terceira me fermenta a segunda
ainda não passei do botequim porque não achei nada a mais do que gostar de gente boa mulher, violão, poesia e filosofia comida de fogão a lenha bater minha bola de flamenguista e agnóstico de tendência espírita e jogar isso e sinuca
por enquanto não morro se não me livrar dessa ressaca branda da madrugada dessa necessidade incessante e inflexível de água e pureza dessa boca seca, dessa testa enrugada mas não vou perdendo muita coisa porque as pessoas vão fazendo quase nada útil, puro e gostoso vão só dando cabeçadas e assim podem ir por si acompanhadas
desisti de mudar o mundo porque ele me mudou

meus vídeos

choppin' hour

Imagem
choppin´ hour


em seu profundo interior a consciência é obscura vaga, distante
mas lá no mundo exterior a inteligência percebe a luz mais fulgurante
uma necessidade sempre provem de uma razão suficiente determinada (na contingência tal relação está ausente)
o homem é como bem quer? se sente livre para decidir?
o homem quer como ele é? o livre arbítrio é livre assim?
                                                            29.03.2017




papo de maluco

Imagem
papo de maluco


eu não vou tomar comprimido para viver deprimido e de tudo proibido, amigo
correr da polícia, correr de bandido
vou cair no camping lá na cachoeira de bobeira, vou trocar de assunto se liga na letra eu prefiro papo de maluco
parceiro, eu estou fora da disputa vou viajar no trampo, vou mandar no rango beber água da mina, no maior ar puro
parceiro, eu estou fora da disputa para não dar dor de cabeça eu vou queimar meu fumo tomar a minha breja, amar a minha nega
parceiro, não fique puto eu morro como todo mundo
mas eu prefiro papo de maluco
Ouça a música e veja o vídeo

i ching nosso de cada dia

Imagem
i ching nosso de cada dia
canção de 2016

se está vivo e não percebe a diferença entre ser e estar tudo o que você ganha ou perde está pronto para se transformar
não desperdice o maior presente o poder de ser surpreendido o que você guarda não está contido no que passou ou no que vai chegar
a interpretação viciada e o preconceito antigo invejam um sorriso puro de coração
se você anda sempre indeciso aceitando e rejeitando opiniões perceba que o mais leve é o mais fixo o que mais muda são os padrões
que os atrasados se adiantem que os preocupados se curtam que os linguarudos se amem que tudo se transmude.

Querendo ouvir e ver o clipe...

o que aconteça

Imagem
o que aconteça

canção de 2014
baby, acorde, não se esqueça
tudo que a gente pensa
é apenas um enfoque
se toque

você tem o tempo todo
para fazer besteira
ou o que der na cabeça
tudo o que a gente faz
resulta de um choque
ibope

de qualquer maneira
acontece o que aconteça

tudo o que a gente ama
é só a chama
a certeza da morte
não se importe

quem não sofre, não curte
morre duro, tenso
não se ilude
(baby, eu fiz o que eu pude)
não controla, não sossega
não acalma a caveira.

querendo ouvir a música...

novela das oito

Imagem
novela das oito


a novela passa oito meses de conceitos e preconceitos sentimentos e preferências verdades e realidades da produção da novela
oito meses no ar para você não interpretar a própria vida esperando o vilão levar tinta e o galã repassar a galinha
a produção escolhe uma fantasia uma ficção ilude, anestesia e enquanto isso no entanto, antonio fagundes lê três livros por dia

a novela passa.

dr. drauzio

Imagem
dr. drauzio


nada contra médicos não penso em doenças ininterruptamente meu cuidado comigo é bom não quero me ver doente quero evitar falar sobre enfermidades e baixos astrais (e imunológicos) meus cuidados: comida, exercícios, bons relacionamentos visam à manutenção da saúde
se procuramos, achamos se eu souber que estou doente fico também doente da potência de autocura (ou autopreservação) meus nervos são muito mais letais que várias ameaças
eu me mantenho vivo mas posso desanimar demais disso
se você tem um espirro insistente alérgico sempre que balança a poeira de ácaros ao despertar pela manhã ou uma recorrente impressão de que já viveu algumas situações que lhe reaparecem ou se anda sentindo que suas ressacas estão cada vez mais agressivas
e se o trânsito consegue lhe irritar assim como a poluição sonora ou se você sente um oco no estômago como se não comesse há dois meses ao receber uma notícia emocionalmente devastadora
ou se as notícias sobre a corrupção generalizada sobre a intolerância generalizada sobre a …

curta as influências

Imagem
curta as influências
em abril de dois mil e quinze compus a ‘marchinha do buruca’ que começa com os versos ‘ô dida, ô dida cadê o meu anel de marcassita?’
mostrei ao maior compositor vivo de marchinhas felipe guaraná que logo me apontou a grande semelhança entre a melodia dessa parte e a de ‘mamâe, eu quero mamar’...
não vou lançá-la mesmo continuou valendo para mim
o que estou dizendo é que as influências são inevitáveis se você leu algo e concordou se encantou com uma música se gostou de novas ideias de bons pensadores é natural que isso passe a fazer parte de você que veja as coisas sob esse prisma eternamente ajustável
o que é a opinião senão a conclusão a que se chega a partir de seus conceitos e de sua interpretação magnificamente mutantes?
o que você é você aprendeu e aprende com outros até sentimentos sou flamenguista apaixonado mas se meu pai fosse bangu eu seria banguense roxo é um processo inexorável
eu digo que poesia tem nada haver (e não ‘a ver’) porque o fato da ideia do nada existir gera esse vazio no co…