papo de maluco

 papo de maluco

hippie das antigas passa pela praça central de São Thomé


eu não vou tomar comprimido
para viver deprimido
e de tudo proibido, amigo

correr da polícia, correr de bandido

vou cair no camping lá na cachoeira
de bobeira, vou trocar de assunto
se liga na letra
eu prefiro papo de maluco

parceiro, eu estou fora da disputa
vou viajar no trampo, vou mandar no rango
beber água da mina, no maior ar puro

parceiro, eu estou fora da disputa
para não dar dor de cabeça
eu vou queimar meu fumo
tomar a minha breja, amar a minha nega

parceiro, não fique puto
eu morro como todo mundo

mas eu prefiro papo de maluco

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

esquenta a cabeça comigo não

desenhos no taio

papéis e fungos