Postagens

Mostrando postagens de Março, 2018

pós-PERSONAL # 01

Imagem
a essência do lirismo



todo poema que se preze pode abordar qualquer assunto dar uma opinião, denunciar, elogiar ou apenas permanecer quieto (essa é minha opinião, ou outro escreveria)
o que não pode faltar é uma disposição aguerrida (mesmo que pálida ou escondida) de renegar toda a tristeza e impotência sabendo que esses inimigos são imbatíveis e donos de seus tempos
para todas outras tarefas temos moldes artigo, ensaio, libelo, crônica, bate-bola... poema, não meu camarada, minha senhora poema é para esquecer que chora.

29.01.17





papéis e fungos

quantos livros a gente gostaria de ter escrito... mas só o autor pode escrever seu próprio livro sua índole e sentimentos vêm no texto e nos títulos
se eu tivesse escrito o diário de um mago se chamaria uma agenda de um mero